Newsletter DGAEP Outubro de 2011
N12 . 2011
 direcção-geral da administração e do emprego público
Nesta Edição
Um olhar sobre a DGAEP e a partilha de recursos
Consulte os simuladores
Faça um orçamento familiar - saiba para onde vai o seu dinheiro
Como poupar em casa
Sugestões para poupar no combustível
Formas de poupar no regresso às aulas
Ajudar a poupar no local de trabalho
Reciclar para poupar
Educação financeira dos mais pequenos
Feira da Poupança e Investimento - 3.ª edição


Um olhar sobre a DGAEP e a partilha de recursos

Contudo, na sua materialização, nomeadamente no seio das organizações, o conceito envolve múltiplos factores como sejam, entre outros, a permeabilidade à conjuntura económica, a consciencialização das necessidades, a cultura organizacional, os valores assumidos, os laços de solidariedade institucional.

E neste contexto, pequenos actos alcançam grandes resultados em termos de poupança efectiva e racional, quer quando praticados individualmente, quer ao nível agregado da organização e dos seus dirigentes ao promoverem sinergias e laços institucionais que permitem a partilha de recursos.

Com efeito, cada um de nós pode contribuir para uma significativa redução dos encargos da organização, quando adopta no quotidiano actos tão simples quanto certificar-se que os documentos estão correctamente formatados antes de os enviar para impressão, utilizar a impressão frente e verso, imprimir apenas as partes do documento de efectiva necessidade, reduzir o suporte de papel ao estritamente necessário em termos legais e funcionais, com consequentes reflexos na redução dos custos de arquivo, produzir publicações e documentos em formato electrónico, ajustar a iluminação e climatização às condições ambientais em cada momento, etc.

Contribui ainda quando coloca ao dispor da organização capacitações não relacionadas com as atribuições que lhe estão cometidas, mas que colmatam necessidades pontuais, evitando dispêndio com a contratação externa.

Destes pequenos actos são exemplo, entre outros:

- a central telefónica adquirida pela Secretaria-Geral e partilhada por vários Serviços do Ministério das Finanças instalados no edifício da Praça do Comércio que, inicialmente projectada para servir cerca de 160 utilizadores, permitiu, com um dispêndio adicional de cerca de 30%, passar a servir cerca de 1600 utilizadores, permitindo ainda a agregação de novos utilizadores, sem qualquer encargo. Adicionalmente registaram-se ganhos de qualidade (rede VOIP) e redução em cerca de 20% nos preços de fornecimento dos terminais telefónicos;

- a redução média de cerca de 21% nos encargos suportados pela DGAEP com os consumíveis de cópia e impressão desde 2009 até ao momento, mercê das medidas que vêm sendo adoptadas;

- o alojamento das aplicações informáticas RAFE na plataforma do Instituto de Informática, permitindo evitar o dispêndio com a aquisição de uma plataforma própria;

- a disponibilização de espaços geridos pela Secretaria-Geral para realização de conferências e provas de selecção, evitando a contratação externa;

- a partilha do saber da DGAEP através da disponibilização de formadores e de acções de formação a custo zero.

 "Com bom regimento pode até o pouco bastar para muitos; sem ele, nem a poucos alcança o muito." (Manuel Bernardes)

A Subdirectora-Geral
Maria do Rosário Raposo

 
Editorial - Poupar e Investir

Dos registos históricos retira-se como ensinamento que os longos e ininterruptos períodos de crescimento e estabilidade económica e social, abalados ligeiramente por crises de duração reduzida e impacto limitado a sectores específicos de actividade, são uma excepção e não a regra.
As duas dezenas de anos que antecederam 2007, ano que marca o início da crise profunda e transversal que Portugal e muitos outros Estados atravessam, foram marcados por uma estabilidade, disponibilidade de rendimentos e aumento de consumo sem precedentes. Foi esta conjuntura que alimentou a confiança e as expectativas optimistas de populações e empresassobre o futuro, que tentadas pela facilidade e preço do crédito e confiantes na manutenção dos apoios sociais dos Estados, em especial nas situações de desemprego, doença e velhice,esqueceram a importância da poupança e cederam mesmo,em muitas situações, à tentação de fundar a sua vivência no crédito.

saber mais


Sabia Que?

» As tarifas reguladas de electricidade e gás natural acabam no final do próximo ano. Todos os consumidores de electricidade e de gás natural, sejam empresas ou famílias, devem procurar um novo comercializador no mercado.

» Come2CoM é um projecto Europeu, do qual Portugal faz parte, financiado no âmbito do programa Energia Inteligente para a Europa (IEE).
Come2CoM

» Portugal é dos países europeus com maior crescimento no uso das energias renováveis. A nível da Europa dos 27, Portugal ocupa o quinto lugar no uso de energias renováveis, posicionando-se muito acima da média comunitária.
renewable

» Hamburgo é a Capital Verde da Europa 2011. Situada nas margens do rio Elba e a segunda maior cidade da Alemanha tem uma estratégia de planeamento integrado e participativo e um forte compromisso no sentido de uma visão "verde".


Informações Úteis

» Está disponível o BOEP n.º 5 - Boletim estatístico do OBSEP. Com esta publicação, a DGAEP pretende contribuir para a divulgação de dados e indicadores estatísticos de curto prazo sobre emprego público, no âmbito das estatísticas do mercado de trabalho.
BOEP n.º 5

» 6. ª Expo Energia 2011 promove o encontro de novos mercados de energia de diferentes sectores, com prioridades comuns, de 8 a 10 de Novembro, no Centro de Congressos da Universidade Católica, Lisboa.
Expo Energia 2011

» Ideias para poupar na impressão de páginas web
Deco

» Mob car sharing é um serviço de aluguer de automóveis à hora, que permite reservar um automóvel através da internet ou pelo telefone e tê-lo disponível no minuto seguinte.
Mobcar sharing


Ficha Técnica

Coordenação
Teresa Vieira
Pesquisa
Teresa Vieira, Elsa Ho
Produção, Concepção e Design
Teresa Vieira e Elsa Ho



Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público
Praccedil;a do Comércio, Ala Oriental, 2º Piso - 1149-005 Lisboa
Tel.: +351 21 3915 300 - Fax: +351 21 3900 148 - Email: geral@dgaep.gov.pt
www.dgaep.gov.pt