Newsletter DGAEP maio 2013
N17 . 2013
 direcção-geral da administração e do emprego público
Nesta Edição
Estrutura Comum de Avaliação - DGAEP
Prémio Europeu para a Inovação na Administração Pública 2013
Açores ganha prémio de qualidade de Costa de Ouro 2013
Entidades Certificadoras de Qualidade
Organismos com certificação de Qualidade
Seleção de Prémios de Excelência e Qualidade


Estrutura Comum de Avaliação - DGAEP

» Distinção internacional "Effective CAF User"

Da autoavaliação com a CAF ao feedback externo

Os utilizadores do modelo Common Assessment Framework (CAF) têm agora a oportunidade de verem reconhecidos os seus esforços através do Processo de Feedback Externo da CAF, coordenado pela Direção-Geral da Administração e do Emprego Público.

Este parecer externo, emitido por Agentes Externos devidamente certificados para o efeito, incide sobre três aspetos fundamentais:

  1. a qualidade da implementação do modelo CAF e seu impacto na organização
  2. a forma como foram planeadas e implementadas as ações de melhoria
  3. a assimilação de uma cultura de excelência (princípios TQM) na organização

Qualquer organização pública, independentemente do setor em que opera, poderá candidatar-se, observando os seguintes requisitos:

  1. deverá ocorrer entre 6 a 12 meses depois de realizada a última autoavaliação e ter concluído e entregue o respetivo relatório;
  2. a organização deverá estar registada ou registar-se na base de dados europeia de utilizadores da CAF, disponibilizada no sítio do EIPA.

Terminado este processo de feedback externo e perante uma avaliação positiva da organização ser-lhe-á emitida a distinção internacional de "Effective CAF User" .

Refira-se que, a nível europeu, foram distinguidas 30 organizações como "Effective CAF User", duas das quais são portuguesas, no quadro de um projeto-piloto: Instituto da Segurança Social e Departamento de Educação e Intervenção Social da Câmara Municipal de Palmela.   

Para efetuar a candidatura e obter informações detalhadas sobre este processo deverá ser consultado, a partir de 17 de junho, o respetivo Guia do Utilizador do Processo de Feedback Externo da CAF, disponível no endereço eletrónico www.caf.dgaep.gov.pt, onde também se encontra o formulário de candidatura.

» Melhorar o desempenho organizacional

Versão melhorada do modelo - CAF 2013

Fruto da experiência de 13 anos de aplicação do modelo Common Assessment Framework (CAF), os atuais e potenciais utilizadores dispõem agora de uma versão melhorada do modelo - CAF 2013, cuja tradução portuguesa estará disponível no website da CAF a partir de 1 de agosto.

Nesta nova versão o modelo é ainda composto por 9 critérios e 28 subcritérios, porém alguns destes foram reformulados. A principal mudança ocorreu no critério 5 onde foram fundidos dois subcritérios e criado um novo. Todos os exemplos dos subcritérios foram revistos e adaptados às mudanças na estrutura e o glossário foi atualizado. Com a CAF 2013 foram claramente definidos os 8 Princípios de Excelência para o setor público e integrados nos diversos critérios do modelo.

Recorde-se que a CAF é um modelo europeu de autoavaliação e desenvolvimento organizacional, inspirado em modelos de Gestão da Qualidade Total (TQM), composto por um conjunto de critérios que avaliam a organização sob diferentes ângulos e fornecem orientação para desenvolver um plano de melhorias.

Além dos benefícios para o desenvolvimento organizacional, há a destacar outros aspetos práticos:

  • é um modelo específico para o setor público (foi criado com este propósito);
  • a sua utilização é gratuita (o modelo e materiais de apoio são disponibilizados gratuitamente pela DGAEP);
  • a metodologia de aplicação desenvolve-se através de um processo de autoavaliação, ou seja, privilegia o conhecimento e a participação dos colaboradores da própria organização, sem recurso a consultores externos.

Em conclusão, a CAF funciona! É um modelo que tem evoluído ao longo dos seus 13 anos de existência (4 versões), com subprodutos associados, como é o caso de uma versão específica para o setor da educação (CAF Educação) e a validação externa do processo de autoavaliação (Processo de Feedback Externo). Acresce ainda destacar a adesão ao modelo: 2759 utilizadores da CAF registados na base de dados europeia oriundos de 46 países e instituições europeias.

» Protocolo entre a DGAEP e a APCER

A DGAEP e a Associação Portuguesa de Certificação (APCER) têm em vigôr um Protocolo de Colaboração no âmbito da promoção e divulgação de conhecimentos e práticas nos domínios da certificação de sistemas de gestão e da gestão da qualidade.

Constitui outro objectivo deste protocolo a possibilidade dos organismos e serviços públicos acederem, com condições vantajosas a estudar caso a caso, aos serviços, acções de formação, seminários e outros eventos relacionados com a Gestão e Certificação da Qualidade, promovidos pela APCER.

 

Qualidade e Certificação

"O interesse crescente em produzir com Qualidade e demonstrá-lo é uma diferenciação positiva, que se tem vindo a afirmar em todas as áreas de atividade.
O processo de normalização tem-se tornado cada vez mais intenso e tem por objetivo refletir e tornar do domínio público metodologias relacionadas com a permuta de produtos / serviços.
Para isso, a comunidade europeia desenvolveu uma série de normas que servem de guia para a implementação de um sistema de gestão da qualidade e sua possível certificação por uma entidade terceira. A certificação consiste no reconhecimento por um organismo idóneo e independente de que uma organização (pública ou privada) dispõe de um Sistema de Qualidade implementado de acordo com as normas da série ISO 9001."


Informações úteis

» A Rede Nacional de Mentores (RNM) tem como objetivo estimular a ligação entre profissionais experientes e empreendedores a desenvolver as suas ideias de negócio e projetos empresariais.

» Conheça todos os serviços que pode realizar online, no sítio do IRN.
Serviços online do Instituto dos Registos e Notariado

» O Seguranet.pt visa promover uma utilização esclarecida, crítica e segura da Internet.

» A Terra dos Sonhos é uma Organização de Solidariedade Portuguesa, sem fins lucrativos, que ajuda na realização dos sonhos de crianças e jovens diagnosticados com doenças crónicas e/ou em estado avançado de doença, crianças e jovens carenciadas e idosos.


» A Associação Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama é uma IPSS desde Junho 1999, sem fins lucrativos, no âmbito da Saúde e da Solidariedade Social.


Sabia que?

» Já estão abertas as candidaturas à 7ª Edição do Prémio Boas Práticas na Saúde - Qualidade e Inovação.

» O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras abriu ao público uma Loja do Passaporte, no Aeroporto de Lisboa, que permite obter o mesmo em 7 horas.

» A Iniciativa JESSICA é uma forma inovadora de aplicar os fundos estruturais comunitários postos à disposição dos Estados membros.

» A AMA e OET preparam assinatura profissional de Engenheiro Técnico com Cartão de Cidadão.


Ficha Técnica

Coordenação
  Teresa Vieira
Pesquisa, Conceção e Produção
  Teresa Vieira e Elsa Ho



Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público
Praccedil;a do Comércio, Ala Oriental, 2º Piso - 1149-005 Lisboa
Tel.: +351 21 3915 300 - Fax: +351 21 3900 148 - Email: geral@dgaep.gov.pt
www.dgaep.gov.pt